Obrigada.

Bem vindo(a)! Que você seja edificado(a) com as mensagens! Volte sempre!

terça-feira, 30 de setembro de 2014

POR QUE A IGREJA CANTA? – Parte 2





A Palavra que ecoa
Igrejas cantam porque seus novos corações não conseguem evitar senão ecoar a Palavra que lhes deu vida. Quer essas canções tenham sido escritas no século 16 ou hoje, elas devem ecoar a Escritura. Se existe qualquer lugar onde a Palavra de Deus deva literalmente reverberar, deve ser nas canções da igreja. Lembre-se, a Escritura por si só dá vida.
Assim, as canções de uma igreja não devem conter nada mais do que palavras, paráfrases ou ideias da Escritura.
Nas igrejas, nós cantamos juntos porque isso nos ajuda a ver que os louvores, as confissões e as resoluções dos nossos corações são compartilhados por outros. Não estamos sozinhos. Cantar na igreja, acreditamos, trata-se tanto de ouvir quanto de cantar. Assim, Paulo nos manda “[Falem] entre si com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando e louvando de coração ao Senhor” (Ef. 5.19, NVI). Se eu devo falar com os outros em forma de canção, devo ouvi-los também. De fato, às vezes eu paro de cantar para ouvir e agradecer a Deus pelas vozes à minha volta!
“Esses irmãos e irmãs partilham do meu coração, da minha nova identidade, do meu Senhor e Salvador, do meu conforto e auxílio, da minha esperança e ambição, da minha glória e alegria. Eu estou com eles, eles estão comigo, e nós estamos com Cristo”.

Pense nisso!

Continua na próxima postagem.
Fique ligado(a)!

Visite minha página no Facebook: Raquel Roque. E conheça meus blogs:
www.bonnevievie.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário