Obrigada.

Bem vindo(a)! Que você seja edificado(a) com as mensagens! Volte sempre!

sábado, 10 de setembro de 2016

O Céu é tomado à força

Resultado de imagem para O Céu é tomado à força

 


João era um pregador zeloso. Ele pregou o arrependimento, denunciou os pecados das pessoas e proclamou-lhes a solução, que é Cristo.: “Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus” (Mt. 3.2). Sua pregação fez as pessoas procurarem com diligência os céus.
Diz o texto bíblico: Desde os dias de João Batista  até agora, o Reino dos céus é tomado à força, e os que se esforçam se apoderam dele.(Mt. 11.12).
Essa é uma metáfora de uma cidade ou castelo, os quais não podem ser conquistados de modo algum, exceto se forem tomados de assalto. Assim é o reino dos céus; não será tomado sem esforço. A terra é herdada pelos mansos (Mt. 5.5); mas o céu pelos que batalham.
Embora o céu nos seja dado gratuitamente, temos de lutar por ele. Nossa tarefa é imensa; nosso tempo, curto; nosso Senhor, urgente. Para alcançar o Reino Celestial temos de reunir todas as forças e lutar, como se nossa vida dependesse  disso. E depende! Portanto, devemos manifestar não apenas diligência, mas também esforço. Trata-se de um esforço extremo, como numa guerra, pois todo cristão vive em guerra. Há guerra dentro de si mesmo – Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis.(Gal. 5.17). E há guerra por fora – a guerra espiritual de que fala o apóstolo Paulo – No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo. Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes.” (Ef. 6.10-13). Em ambas as guerras há grande esforço, e o alvo é vencer todas as batalhas e nos manter firmes até chegar no céu, como fez Jesus – Ao que vencer lhe concederei que se assente comigo no meu trono; assim como eu venci, e me assentei com meu Pai no seu trono.(Ap. 3.21).
Este esforço extremo se manifesta quando lutamos violentamente para não perder a salvação “Procurai, com diligência cada vez maior, confirmar a vossa vocação e eleição” (II Pe. 1.10). Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida.” (Apoc. 2.10). Significa que nos esforçamos pela salvação como se esta fosse uma questão de vida ou morte. E é! Portanto, temos de, com todo cuidado, exercer todas as nossas forças e suplicar a ajuda de Deus para vencermos e chegarmos ao Reino dos céus.

Até onde você está disposto(a) a lutar pelo Reino dos céus?


Pense nisso!

Deixe seu comentário e compartilhe em suas redes sociais. Conheça também meus blogs e páginas no Facebook. É só clicar. Obrigada.
   LEIA A BÍBLIA!