Obrigada.

Bem vindo(a)! Que você seja edificado(a) com as mensagens! Volte sempre!

sábado, 18 de janeiro de 2014

As três árvores

Havia no alto de uma montanha três árvores. Elas sonhavam com o que iriam ser depois de grandes. 

A primeira, olhando as estrelas disse: eu quero ser o baú mais precioso do mundo e viver cheia de tesouros.
A segunda, olhando um riacho suspirou: eu quero ser um navio bem grande para transportar reis e rainhas.
A terceira olhou para o vale e disse: quero crescer e ficar aqui no alto da montanha; quero crescer tanto que as pessoas ao olharem para mim, levantem os olhos e pensem em Deus.
Muitos anos se passaram, as árvores cresceram. Surgiram três lenhadores que, sem saber do sonho das árvores, cortaram as três.
A primeira árvore acabou se transformando num cocho de animais, coberto de feno.
A segunda virou um barco de pesca transportando pessoas e peixes todos os dias.
A terceira foi cortada em vigas e deixada num depósito.
Desiludidas as três árvores lamentaram os seus destinos. Mas, numa certa noite, com o céu cheio de estrelas, uma jovem mulher colocou o seu bebê recém-nascido naquele cocho.
De repente, a árvore percebeu que continha o maior tesouro do mundo.
A segunda, certo dia, transportou um homem que acabou por dormir no barco. E, quando uma tempestade quase afundou o barco, o homem levantou-se e disse: PAZ!! E, imediatamente, as águas se acalmaram. E a árvore transformada em barco entendeu que transportava o rei dos céus e da terra.
Tempos mais tarde, numa Sexta-feira, a árvore espantou-se quando as vigas foram unidas em forma de cruz e um homem foi pregado nela. A árvore sentiu-se horrível vendo o sofrimento daquele homem. Mas logo entendeu que aquele homem salvou a humanidade e as pessoas logo se lembrariam de Deus ao olharem para a cruz.

O exemplo das árvores é um sinal de que é preciso sonhar e ter fé. SEMPRE !!!
Não importa o tamanho dos sonhos que você tenha, sonhe muito e sempre. Mesmo que seus sonhos não se realizem exatamente como você desejou, saiba que eles se concretizarão da maneira que Deus entendeu ser a melhor para você.
"Uma nuvem não sabe por que se move em tal direção e em tal velocidade. Sente apenas um impulso que a conduz para esta ou aquela direção. Mas o céu sabe os motivos e os desenhos por trás de todas as nuvens, e você também saberá, quando se erguer o suficiente para ver além dos horizontes."

Pense nisso!

Se gostou, deixe seu comentário e compartilhe com seus amigos.
Conheça também...

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Só mais 5 minutos

No parque, uma mulher senta-se ao lado de um homem e diz:
_ Aquele ali é meu filho, o de camisa vermelha no escorregador.
_ Um bonito garoto - respondeu o homem - e completou:
_ Aquela de vestido branco, na bicicleta, é minha filha. Então, olhando o relógio, o homem chama a menina:
_ Nicole, o que você acha de irmos?
_ Mais cinco minutos, pai. Por favor. Só mais cinco minutos!
O homem concorda e Nicole continua pedalando sua bicicleta, para alegria de seu coração. Os minutos se passam, e o pai levanta-se novamente chamando sua filha:
_ Hora de irmos, agora. Vamos?
Mas, outra vez, e garotinha pede:
_ Mais cinco minutos, pai. Só mais cinco minutinhos...
O homem sorri e diz:
_ Está certo.
A mulher, vendo a cena, comenta:
_ O senhor é certamente um pai muito paciente. 
O homem sorri e diz:
_ Minha senhora, eu aprendi o valor do tempo. Perdi meu filho no ano passado. Ele foi atropelado por um motorista bêbado, quando andava de bicicleta perto daqui. Eu nunca passei muito tempo com meu filho e agora eu daria qualquer coisa por apenas mais cinco minutos com ele. Eu me prometi não cometer o mesmo erro com a Nicole. Ela acha que tem mais cinco minutos para andar de bicicleta, quando, na verdade, eu é que tenho mais cinco minutos para vê-la brincar.

(Autor desconhecido)

O tempo é o bem mais precioso que temos. Quando damos um minuto de nosso tempo em atenção a alguém, estamos dando um minuto de nossas vidas a estas pessoas. Valorize o tempo. Dedique tempo de qualidade às pessoas que você ama. Em tudo na vida estabelecemos prioridades. Quais são as suas?

Carlos Hilsdorf

Pense nisso!

Se gostou, deixe seu comentário e compartilhe com seus amigos.
Conheça também...



"Que tamanho tem o universo?"

Um dia uma criança chegou diante de um pensador e perguntou-lhe: "Que tamanho tem o universo?". Acariciando a cabeça da criança, ele olhou para o infinito e respondeu: "O universo tem o tamanho do seu mundo". Perturbada, ela novamente indagou: "Que tamanho tem meu mundo?". O pensador respondeu: "Tem o tamanho dos seus sonhos".

Se seus sonhos são pequenos, sua visão será pequena, suas metas serão limitadas, seus alvos serão diminutos, sua estrada será estreita, sua capacidade de suportar as tormentas será frágil. Os sonhos regam a existência com sentido. Se seus sonhos são frágeis, sua comida não terá sabor, suas primaveras não terão flores, suas manhãs não terão orvalho, sua emoção não terá romances. A presença dos sonhos transforma os miseráveis em reis, faz dos idosos, jovens, e a ausência deles transforma milionários em mendigos, faz dos jovens idosos. Os sonhos trazem saúde para a emoção, equipam o frágil para ser autor da sua história, fazem os tímidos terem golpes de ousadia e os derrotados serem construtores de oportunidades.

Sonhe!
(Augusto Cury)

Pense nisso!

Se gostou, deixe seu comentário e compartilhe com seus amigos.
Conheça também...


Líderes nascem líderes?

Há quem acredite que líderes nascem líderes. Que empreendedores nascem empreendedores. Você, com certeza, já ouviu alguém dizer “aquele homem é um líder nato”. Se você acreditava nisto, lamento desapontá-lo, mas isto é um mito. Entenda como preferir: lenda, folclore… O fato é que isto não é real. Líderes não nascem líderes. Empreendedores não nascem empreendedores.
LIDERANÇA é uma competência e, como tal, pode ser desenvolvida. O mesmo acontece com o comportamento empreendedor. Alguns terão mais facilidade; outros, menos, mas a princípio não há excluídos. A não ser os que, por si mesmos, se excluem.
Claro, que as evidências científicas demonstram que nossas características físicas e, de certo modo, até psicológicas recebem influência de nossos genes. O equívoco está em generalizar uma “influência” para “influência determinante”. Nossas predisposições facilitam ou dificultam algumas conquistas, mas não são determinantes. Nada garante que uma pessoa com incrível predisposição para música se torne um músico de sucesso. O mesmo ocorre com o empreendedorismo.
Estou certo de que há um grupo especial de pessoas. Pessoas que com ou sem predisposição agem com garra, dedicação e buscam incessantemente o conhecimento. Estes são os vencedores!
Deixe de desculpas e procure desenvolver as competências necessárias para alcançar seus objetivos. Tome esta atitude!



Pense nisso!

Se gostou, deixe seu comentário e compartilhe com seus amigos.
Conheça também...

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Escreva seus objetivos e metas

Responda: Quais são os seus objetivos e metas para esse ano?
Ter objetivos e metas não basta para nos levar ao sucesso. É preciso que escrevamos esses objetivos e metas. Ao escrevermos, estaremos nos comprometendo duplamente com eles. Ao escrevermos, teremos um "documento" que nos fará responsáveis pelo que realmente estamos desejando. 
Muita gente comete o erro de não escrever seus objetivos pessoais e profissionais. O que acontece é que depois de algum tempo ou a memória nos trai, ou mesmo fazemos de conta que o que queríamos não era realmente aquilo, uma vez que nada ficou documentado para nós próprios. 
Escrever traz um efeito mágico. Parece que estamos realmente fazendo um documento para nossa vida. Depois de escrever, guarde esse papel e releia-o de quando em vez. É importante, também, colocar sempre prazos, datas, valores, enfim, ser o mais claro e direto possível quando escrever suas metas e objetivos.
Assim, gostaria que você que você parasse sua vida por alguns instantes e escrevesse numa folha de papel seus objetivos e metas pessoais e profissionais. Faça isso num local calmo. Pense bem antes de escrever. Depois de escrever, leia e releia. Modifique o que achar necessário. Guarde esse "documento" em um local que só você saiba e releia-o de vez em quando. 
Você ficará surpreso de ver como as coisas certas começarão a acontecer em direção aos objetivos e metas traçados por você. Experimente. 

Pense nisso. Sucesso!
(Luiz Marins)

Eu só acrescentaria: Cada vez que olhar o que escreveu, ore por isso.

Confia ao Senhor as tuas obras, e teus pensamentos serão estabelecidos.” Provérbios 16.3

“Do homem são as preparações do coração, mas do SENHOR a resposta da língua.”  Provérbios 16.1

Pense nisso!

Se gostou, deixe seu comentário e compartilhe com seus amigos.
Conheça também...

O Ciúme

Muitos dizem que se não existe ciúme, não existe amor. Este argumento é útil e conveniente para os ciumentos, mas não é verdadeiro. O ciúme não é proveniente dos sentimentos de amor e proteção, mas dos sentimentos de posse e insegurança. 
O sentimento de posse revela que estamos tratando o outro mais como objeto que como ser humano. A insegurança e o medo de perder o outro revelam que, de alguma forma, acreditamos que o outro esteja iludido conosco e que alguém mais especial pode libertá-lo desta ilusão. 
Em muitos casos isto ocorre inconscientemente, a pessoa reage de maneira ciumenta e sequer compreende as causas que a levam a agir assim. É desagradável saber destas verdades. O ciúme é muito frequente na vida de muitas pessoas, mas é necessário enfrentar esta realidade para que possamos crescer e deixar que o outro também cresça.
O antídoto para este comportamento é o próprio amor. O amor que trata o outro como alguém que livremente quer estar conosco e que, longe de tratá-lo como posse, trata-o como um maravilhoso presente vivo da vida, cuja existência só se mantém se for alimentada pelo convívio com outras pessoas e se puder respirar o ar puro da liberdade.
O amor não permite algemas! A conexão do amor é feita de respeito e confiança!

Carlos Hilsdorf

Pense nisso!

Se gostou, deixe seu comentário e compartilhe com seus amigos.
Conheça também...

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Dois grandes amigos

Conta uma lenda árabe que dois grandes amigos, ao viajar pelo deserto, discutiram e um deu uma bofetada no outro.
Magoado, o agredido escreveu na areia: “Hoje, meu melhor amigo me deu uma bofetada no rosto”.
Seguiram adiante e encontraram um oásis, onde resolveram banhar-se.
O que havia levado a tapa começou a se afogar, sendo salvo pelo amigo que antes lhe dera a bofetada. Ao recuperar-se, pegou um canivete e escreveu numa pedra: “Hoje meu melhor amigo salvou a minha vida”.
Intrigado, o outro perguntou:
_ Por que, quando eu te magoei você escreveu na areia e agora você escreveu na pedra?

Sorrindo, o que foi salvo respondeu:
_ Quando um grande amigo nos magoa, devemos escrever onde o vento do esquecimento e do perdão se encarregue de borrar e apagar o ocorrido. Por outro lado, quando nos acontece algo grandioso, devemos gravar isso na pedra e na lembrança, onde vento nenhum em todo o mundo poderá sequer borrá-lo.

(Do livro Atitudes Vencedoras, de Carlos Hilsdorf)

Onde você tem guardado suas boas e más recordações?

“Disto me recordarei na minha mente; por isso esperarei. Lamentações 3.21

Pense nisso!

Se gostou, deixe seu comentário e compartilhe com seus amigos.
Conheça também...


terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Os dez mandamentos de Nuno Cobra, preparador físico de Ayrton Senna

“1) Durma pelo menos oito horas e tente acordar sem despertador. Ele é uma agressão ao organismo.

2) Alimente-se em pequenas quantidades a cada três horas.

3) Cheire a comida, pegue as folhas com as mãos e mastigue o mais devagar possível.

4) Exerça alguma atividade física pelo menos três vezes por semana. Uma hora de caminhada pode ser praticada por qualquer pessoa, em qualquer lugar, e é suficiente para obter os benefícios do esporte.

5) Evite ficar nervoso. Em situações de stress, experimente bocejar e espreguiçar.

6) Dedique pelo menos 15 minutos do dia à meditação. Escolha um local silencioso, sente-se numa posição confortável e esqueça-se da vida.

7) Tome ao menos dois banhos frios por dia. Esse hábito é energizante.

8) Nenhum tratamento irá funcionar se você não abandonar seus vícios, a começar pelo cigarro.

9) Quando fizer exercícios físicos, concentre-se apenas neles. Não leia enquanto pedalar, nem ouça música quando correr.

10) Preste atenção ao fluxo de ar que entra e sai de seu pulmão e procure respirar mais profundamente.

Finalmente, elogie os outros com mais frequência. Isso funciona como um ímã e faz com que todos queiram estar ao seu lado.”

Eu acrescentaria somente isso: Ame a Deus acima de tudo, e ao próximo como a você mesmo.  

Pense nisso!

Se você foi edificado, divida com alguém esta benção. Compartilhe! E conheça também

As três peneiras

Um homem foi ao encontro de Sócrates levando ao filósofo uma informação que julgava de seu interesse:
_ Quero contar-te uma coisa a respeito de um amigo teu!
_ Espera um momento – disse Sócrates – Antes de contar-me, quero saber se fizeste passar essa informação pelas três peneiras.
_ Três peneiras? Que queres dizer?
_ Vamos peneirar aquilo que quer me dizer. Devemos sempre usar as três peneiras. Se não as conheces, presta bem atenção. A primeira é a peneira da VERDADE. Tens certeza de que isso que queres dizer-me é verdade?
_ Bem, foi o que ouvi outros contarem. Não sei exatamente se é verdade.
_ A segunda peneira é a da BONDADE. Isto que você quer me contar é algo bom? Com certeza, deves ter passado a informação pela peneira da bondade. Ou não?
Envergonhado, o homem respondeu:
_ Devo confessar que não.
_ A terceira peneira é a da UTILIDADE. Pensaste bem se é útil o que vieste falar a respeito do meu amigo?
_ Útil? Na verdade, não.
_ Então - disse-lhe o filósofo - se o que queres contar-me não é verdadeiro, nem bom, nem útil, então é melhor que o guardes apenas para ti.

“Porque por tuas palavras serás justificado, e por tuas palavras serás condenado.” Mateus 12.37

Antes de falar ou contar algo a outros, experimente as três peneiras: Verdade, Bondade e Utilidade. Elas podem livrar você de prejudicar as pessoas e a si mesmo.

Pense nisso!

Se gostou, deixe seu comentário e compartilhe com seus amigos.
Conheça também...

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

NÃO BASTA COMEÇAR BEM, É PRECISO TERMINAR BEM!

Um dos maiores desejos de Paulo era concluir sua carreira com dignidade.
“Mas de nada faço questão, nem tenho a minha vida por preciosa, contanto que cumpra com alegria a minha carreira, e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da graça de Deus.” (Atos 20.24).
E conseguiu!
“Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé.(2 Timóteo 4.7).
Muitos, porém, começaram bem e terminaram mal. Exemplo disso é Demas, que abandonou o apóstolo Paulo e a carreira cristã num momento decisivo.
“Porque Demas me desamparou, amando o presente século, e foi para Tessalônica, Crescente para Galácia, Tito para Dalmácia.(2 Timóteo 4.10).
Outro exemplo é o rei Saul. Foi escolhido por Deus. Era um jovem humilde e despretensioso. Mas, ao chegar ao poder, gostou dele e agarrou-se a ele com tamanha avidez que perdeu suas referências e tornou-se um homem louco.
Mais pessoas se perdem por causa da prosperidade do que por causa da pobreza. Mais pessoas caem por causa dos atrativos do mundo do que por causa da escuridão dos vales.
Que Deus tenha misericórdia de nós e que tenhamos a bênção de concluir bem a nossa carreira!

(Hernandes Dias Lopes)


Pense nisso!

Se gostou, deixe seu comentário e compartilhe com seus amigos.
Conheça também...

domingo, 12 de janeiro de 2014





Simples assim...

O menino e o carvão


O garoto chega em casa pisando forte e diz ao pai:
_ Estou com muita raiva do Lucas, pai! Ele me envergonhou na escola e agora eu desejo tudo de ruim pra ele!
O pai então o leva até o quintal, com um saco de carvão e diz:
_ Filho, quero que jogue os pedaços de carvão naquele lençol que está pendurado no varal, como se ele fosse o Lucas.


O filho sem entender, mas empolgado com a brincadeira, faz o que o pai pediu. Ao final, o garoto diz estar feliz por ter sujado uma parte do lençol, como se fosse o coleguinha. O pai então o leva diante do espelho e para a surpresa do garoto, a aparência dele era tão preta, que mal conseguia enxergar os próprios olhos.
O pai, então, concluiu:
_ Veja meu filho, o mal que desejamos aos outros é como esse carvão. Ele pôde até sujar um pouco do lençol, mas na verdade o maior prejudicado foi quem o jogou. Não vale a pena alimentar o ódio, ele penetra como uma doença no coração do homem. Corrói, destrói e o deixa em ruínas.

Você tem escolha diante das ofensas alheias. Pare de jogar carvão naqueles que lhe ofendem. No fim, você só vai ficar mais sujo... e mais triste. Perdoar mantém você limpo e leve. A escolha agora é sua.

Pense nisso!

Se você foi edificado, divida com alguém esta benção. Compartilhe! E conheça também