Obrigada.

Bem vindo(a)! Que você seja edificado(a) com as mensagens! Volte sempre!

sábado, 13 de setembro de 2014

O JOVEM PASTOR



Certa vez, um pastor, tendo que viajar, buscou entre todos que conhecia um substituto em quem confiasse. Elegeu um jovem rapaz e disse-lhe:
_ Tenho que ausentar-me, cuida das minhas ovelhas!
E partiu.
O jovem dedicou-se de todo o espírito à tarefa.
Quando regressou, o mestre notou o excelente trabalho do discípulo e disse-lhe:
_ Alegro-me por tuas obras e por teu proceder. Cuidaste bem das minhas ovelhas; cuidaste tão bem que quero premiar-te! Escolha qualquer uma das minhas ovelhas e ela te pertencerá!
O jovem caminhou entre o rebanho e voltou com uma ovelhinha doente nos braços, dizendo ser essa a sua escolhida.
O pastor, admirado, disse-lhe:
_ Mas, filho, se podes escolher qualquer uma de minhas ovelhas, a mais forte, a mais bela, a de melhor lã, por que escolhestes esta franzina e doente?
E o jovem respondeu:
_ Por amor!

(Extraído do livro Atitudes Vencedoras, de Carlos Hilsdorf)

Pense nisso!

Visite minha página no Facebook: Raquel Roque. E conheça meus blogs:
www.bonnevievie.blogspot.com.br

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

ENTUSIASMO





O entusiasmo é um estado de ânimo intenso, repleto de paixão, energia, alegria e vontade de prosseguir! É um momento no qual estamos com todo “gás”.
Quando estamos apaixonados olhamos tudo pelo melhor ângulo, vemos as qualidades muito mais que os defeitos. Se agirmos assim mais vezes a vida será bem mais divertida e agradável.
Pessoas entusiasmadas são apaixonadas pela vida e estão sempre motivadas e, como consequência disso, adoecem menos.
Pessoas entusiasmadas buscam realizar seus sonhos e fazer os que as cercam mais felizes.
Reconhecemos essas pessoas pelo brilho no olhar e por sua disposição em fazer sempre mais e melhor, em viver de maneira intensa.
Pessoas entusiasmadas são apaixonantes, iluminam por onde passam, cativam a todos, sorriem mais e seu sorriso é contagiante.
Apaixone-se pela vida e pelo trabalho. Torne-se entusiasmado(a). Busque encontrar prazer nas mínimas atividades que realizar, procurando sempre o melhor que elas possam oferecer.
Apaixone-se e torne-se apaixonante! O entusiasmo é contagioso e, com ele, você pode transformar o ambiente onde estiver.
Lembre-se: “Entusiasmado” significa “cheio de Deus”.
Sendo assim, encha-se de Deus!


Pense nisso!

Se gostou, deixe seu comentário aqui ou no Facebook, e compartilhe com seus amigos nas redes sociais.


Conheça meus blogs BONNE VIE e PROSPERA-TE.
Você será grandemente edificado(a)!
www.bonnevievie.blogspot.com.br
Visite minha página no Facebook – Raquel Roque



terça-feira, 9 de setembro de 2014

QUANDO ORAMOS E DEUS NÃO RESPONDE



“Buscar-me-eis e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração.” Jeremias 29.13

Alguma vez você orou, orou, e sentiu como se o céu fosse de bronze?
Quantas vezes oramos e Deus não nos responde! É uma sensação terrível.
É certo que Ele sempre nos ouve, mas nem sempre responde como esperamos, ou até não nos responde. Apenas fica em silêncio. E como dói o silêncio de Deus para aqueles que estão acostumados a “conversar”, “dialogar” com Ele.
Há alguns motivos pelos quais Deus não responde.

Quando Deus não nos responde?
·     Quando não O buscamos de todo o coração.
·     Quando fazemos Dele um servo a quem damos ordens.
·     Quando oramos mecanicamente, como para cumprir um protocolo, uma exigência, uma obrigação, e não pelo prazer de estar na presença Dele.
·     Quando a resposta está bem na nossa frente, na Palavra, e não a percebemos mesmo tão óbvia.
·     Quando oramos desejando avidamente a resposta que queremos e não a SUA resposta. Se você já tem a sua própria resposta pronta, Deus não se dará ao trabalho de dar-lhe a Dele.
·     Quando O buscamos com as mãos cheias de pecado e não de frutos de justiça, sendo o primeiro deles o arrependimento.

Deus nos propõe uma vida. Seguimos a nossa e queremos que Ele nos abençoe, como se fosse obrigado a fazê-lo. Entenda um a coisa: Você não merece nada. Ninguém merece nada de Deus. Você pode trabalhar para Deus por mil vidas e ainda assim não se tornará merecedor(a) de nada diante Dele.
“Graça” significa “favor imerecido”. Ninguém merece, mas Deus a oferece gratuitamente a todos. Você só precisa recebê-la pela fé, arrependido(a) de seus pecados, confessando Jesus como seu salvador e Senhor.
Deus ouve os arrependidos. Os que pecam e têm prazer no pecado, não.
A sensação da ausência de Deus é a nossa maior aflição. Aqueles que já experimentaram a Sua Graça simplesmente não podem viver sem ela.
A boa notícia é que a ausência se torna presença quando confessamos os nossos pecados dispostos a mudar. E a mudança começa com a oração.

“Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça.” I João 1.9

Pense nisso!

Visite minha página no Facebook: Raquel Roque. E conheça meus blogs:
www.bonnevievie.blogspot.com.br
www.prospera-te.blogspot.com.br

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

COMO LIDAR COM AS CRÍTICAS?





Quem nunca sofreu com críticas? Talvez você esteja se lembrando agora mesmo de algumas.
Há dois tipos de crítica - a Destrutiva e a Construtiva. E precisamos aprender a lidar com as duas.

A Crítica Destrutiva tem por finalidade desestruturar, ferir, magoar ou desorientar. É muito utilizada por pessoas presas por inveja, ciúme e maldade. Nesses casos, ouça atentamente, de preferência, sem retrucar, pois isso sempre piora a situação. Lembre-se de que aquela pessoa, ainda que na tentativa de magoar você, pode dizer-lhe alguma verdade. Concentre-se naquilo que a crítica pode trazer de bom e não na intenção maldosa de quem o critica de maneira destrutiva. Evite rebater ou vingar-se da pessoa que o feriu. Neste caso, ela é quem mais precisa de consideração, misericórdia e até ajuda, pois está tomada de sentimentos negativos e muito mais destrutivos do que a crítica que está lhe fazendo. O melhor é deixar pra lá e não questionar.

Já a Crítica Construtiva visa contribuir com nosso crescimento. Nesse caso, quem o critica quer o seu bem e realmente está interessado em que tudo dê certo. Suas sugestões podem ser muito úteis. Essa pessoa geralmente vai lhe apontar uma deficiência, fraqueza, falta de eficiência ou uma força que não está sendo corretamente utilizada. Seja grato às críticas construtivas: elas são um convite ao aperfeiçoamento e um poderoso remédio contra a vaidade. Elas também, na maioria das vezes, vêm acompanhadas de elogios e reconhecimento daquilo em que você está acertando. Então, preste mais atenção ainda.
Algumas vezes a crítica construtiva pode vir em péssima “embalagem”, pois muitas pessoas não sabem escolher a melhor maneira e o melhor momento para dizer as coisas. Então, preste mais atenção ao conteúdo da crítica do que na forma como ela é apresentada. Quem se mantém aberto as críticas recebe mais apoio, orientação e cresce mais rápido!

Pense nisso!

Se gostou, deixe seu comentário aqui ou no Facebook, e compartilhe com seus amigos nas redes sociais.


Conheça meus blogs RAQUEL ROQUE e PROSPERA-TE.
Você será grandemente edificado(a)!

Visite minha página no Facebook – Raquel Roque

domingo, 7 de setembro de 2014

O TEMPO NÃO VOLTA



“Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.Eclesiastes 3.1

Há tempo para todas as coisas. Há tempo inclusive para perdermos tempo. Porém há diferença entre perder tempo no sentido de perdê-lo mesmo, e perder tempo no sentido de ganhá-lo através do descanso, da meditação e do “ócio produtivo”. Assim como há propósitos para todo o tempo, o “perder tempo” precisa de um bom propósito, para deixar de ser perda e passar a ser ganho. 
Observe como perdemos tempo com coisas inúteis.
Perdemos tempo quando sustentamos uma discussão, que poderia ter acabado em minutos, só para mostrar que nós estamos certos, embora a vitória de um dos lados não faça a menor diferença.
Perdemos tempo quando, diante de um passatempo, como um programa de televisão inútil, pervertido, insensato e destrutivo, um jogo eletrônico insosso, um livro sem enredo bom ou uma conversa tola, não temos coragem de parar, seja trocando de canal, desligando a máquina, fechando as páginas ou mudando de assunto.
Perdemos tempo quando fazemos uma viagem sem saber para onde vamos, quando nos envolvemos numa atividade sem ter feito antes um projeto, quando fazemos de novo por não termos feito bem o que já fizemos antes.
Sabemos perder tempo.
Perdemos muito tempo. Uma vez perdido, não adianta sair em sua busca. Esta é uma perda para sempre. O tempo investido na sua recuperação é também tempo perdido, que poderia ser consagrado para a obtenção de outra riqueza.
Paradoxalmente, não perdemos tempo quando, cansados, deixamos de fazer alguma coisa. O descanso é tão importante que até Deus descansou, para nos ensinar a fazer o mesmo.
Não perdemos tempo quando, motivados, separamos algum tempo para colocar nossa vida diante de Deus em meditação, num silêncio cheio de amor, coração aberto para ouvi-lo.
Não perdemos tempo quando refletimos no tempo que perdemos.
Sim, pode até parecer, mas este tipo de perda de tempo, na verdade é ganho de tempo.
Use com sabedoria o seu tempo. Ele é um dos bens mais preciosos que você recebeu de Deus e Ele, um dia, chamará você para prestar contas do que fez do tempo que recebeu.

“Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios.” Salmos 90.12

Pense nisso!

Visite minha página no Facebook: Raquel Roque. E conheça meus blogs:
www.bonnevievie.blogspot.com.br