Obrigada.

Bem vindo(a)! Que você seja edificado(a) com as mensagens! Volte sempre!

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

VIVENDO E FAZENDO VIVER


A vida é feita para ser vivida.
Alguns de nós, olhando para trás, podem concluir que apenas sobreviveram: sobreviver é desenvolver atividades que garantam o mínimo para continuar vivo.
Outros de nós, fazendo uma reflexão, podem entender que apenas subviveram: subviver é viver, diante das possibilidades, aquém do que poderia.
O melhor é quando podemos nos ajoelhar, encontrando-nos com Deus e conosco mesmo, e agradecer por ter vivido.
Depois de ter olhado para trás - seja qual for a conclusão - podemos olhar para frente. Sim, podemos olhar para frente.
Podemos viver.
Vivemos quando, apesar das dificuldades, vamos além da própria sobrevivência ou subvivência.
Vamos além quando ajudamos pessoas a sobreviver, tornando menos duras as suas vidas, seja materialmente, emocionalmente ou espiritualmente.
Vamos além quando despertamos nos que subvivem o desejo de viverem, a partir do que viram em nós.
Vamos além quando aquilo que somos estimula outras pessoas a almejarem ser como nós somos, contagiadas por nossa alegria, nossa coragem, nossa paz ou nosso bazar de ideias.
Fomos feitos por Deus para viver.
Fomos feitos por Deus para fazer viver.

(Israel Belo de Azevedo)

Pense nisso!

Visite minha página no Facebook: Raquel Roque. E conheça meus blogs:
www.bonnevievie.blogspot.com.br

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

COMO LIDAR COM PESSOAS NOCIVAS


 “Se você não pode mudar as circunstâncias, mude sua perspectiva.” (Autor desconhecido)

Técnicas positivas para lidar com pessoas difíceis e nocivas.

 

1. Tente entender.

Existem muitas razões pelas quais as pessoas escolhem ferir deliberadamente as outras. Elas também podem ter sido intimidadas ou feridas, elas podem se sentir ameaçadas por você, você pode ficar no caminho de algo que elas querem, elas podem não gostar de seu rosto, sua cor de pele, sua religião ou a sua orientação sexual.
Se você sabe que uma pessoa foi pessoalmente intimidada ou se sente impotente por causa de algo em sua própria vida, isso pode ajudá-lo a simpatizar com ela e perceber que suas ações não são pessoalmente dirigidas a você. Você descobre que a maior infelicidade está na própria pessoa.
Talvez você possa até ser capaz de ajudá-las a lidar com sua própria raiva e dor. Isso pode ser difícil, e talvez você nunca saiba ou entenda as razões pelas quais alguém se comporta de uma determinada maneira, mas o entendimento pode revelar muitas verdades.

2. Desafie suas reações.

Opte por não reagir emocionalmente aos agressores. Pessoas implicantes prosperaram conforme sua reação. Se alguém continua colocando você para baixo, e sua reação for normal você não alimentará a atitude agressiva. Conte até dez. Vá embora. Mude de assunto. Faça qualquer coisa, mas não reaja emocionalmente.
Não significa que você não deva estabelecer limites e dizer o que pensa quando alguém passa dos limites. Significa apenas que se você aprender a responder com calma e racionalmente. Aprenda quando é melhor deixar as coisas passarem de modo que não alimente a agressividade do outro e quando você deve realmente reagir. Aprenda a não combater fogo com fogo.
“A ninguém torneis mal por mal; procurai as coisas honestas, perante todos os homens. Se for possível, quanto estiver em vós, tende paz com todos os homens. Não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dai lugar à ira, porque está escrito: Minha é a vingança; eu recompensarei, diz o Senhor. Portanto, se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer; se tiver sede, dá-lhe de beber; porque, fazendo isto, amontoarás brasas de fogo sobre a sua cabeça.  Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem.” Romanos 12.17-21
Se você se comportar com honestidade e integridade, as pessoas vão julgá-lo por seu comportamento, e não pelo que os outros dizem sobre você.

3. Encontre humor na situação.

Tenha cuidado, porém, para não usar o riso de uma maneira passivo-agressiva.
Use o riso não para eles, mas para si mesmo. Isso ajuda você a se levar menos a sério, o que entorpece o impacto emocional do assédio moral e lhe capacita a lidar com ele. Aprender a rir de si mesmo é uma grande habilidade.
Outro método é imaginá-los em situações engraçadas. Um velho sábio: “Se você está com medo de alguém, você deve apenas visualizá-lo sentado no vaso sanitário!”

4. Seja gentil.

Por ser verdadeiramente agradável, você não está respondendo a maldade com sua própria maldade; você está combatendo as trevas com a luz. E não somente com a pessoa diretamente, mas também com outros. Transforme a energia que você dispensaria para revidar ou se vingar para fins bons e agradáveis.

Por exemplo, se a pessoa é egoísta e preguiçosa, você pode se voluntariar para ajudar os outros, ou telefonar para um amigo solitário, ou enviar flores a alguém. Deixe suas ações e a maneira como você vive sua vida ser o seu próprio embaixador.
Se você vive sua vida honestamente, e com integridade, quem encontrar falhas em você só vai rebaixar-se, e talvez essas pessoas não mereçam estar em sua vida. Quanto mais você agir como uma boa pessoa, mais você vai se tornar essa pessoa.
Espero que isso ajude. Agora, mais uma vez, lembre-se, fale, se você ou alguém que você conhece está sendo intimidado. Exponha os valentões à luz da verdade e eles terão que se esconder.

5. Afaste-se
Tenha em mente que algumas pessoas realmente não merecem a sua companhia. Jesus nunca ficava onde não era bem recebido, onde as pessoas não o queriam, e ensinou isso aos discípulos.
“Mas em qualquer cidade, em que entrardes e vos não receberem, saindo por suas ruas, dizei: Até o pó, que da vossa cidade se nos pegou, sacudimos sobre vós. Sabei, contudo, isto, que já o reino de Deus é chegado a vós.”
Lucas 10.10-11
Se você perceber que a presença daquela pessoa só suga sua energia e lhe deixa para baixo, tente evitar sua companhia para o mínimo de tempo necessário.
As atitudes positivas são principalmente úteis antes que a perseguição se instale. Se há frequência, é necessário buscar ajuda e reagir. Lembre-se também de não se calar quando presenciar um colega ou amigo sendo agredido física ou emocionalmente. O silêncio das testemunhas é a força dos abusadores.

Pense nisso!

Se você foi edificado(a), compartilhe com seus amigos nas redes sociais!
E conheça também

www.bonnevievie.blogspot.com.br

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

PALAVRAS AMARGAS




Quando estamos atribulados e buscamos um conselho, queremos ouvir que "tudo vai dar certo". Nem sempre nossos conselheiros nos levam a pensar nas razões das nossas dificuldades.
Muitos conselheiros não querem dizer palavras amargas, mas o verdadeiro conselheiro precisa dizer as palavras necessárias e verdadeiras, sejam doces ou amargas, boas ou desagradáveis.
Quando estamos no papel de conselheiros, precisamos de sabedoria para entender o que está acontecendo, coragem para dizer a verdade e compaixão para dizer palavras de salvação, ainda que aparentemente duras. Pode ser que aquela pessoa não tenha outra oportunidade para ouvir a verdade que pode libertá-la.

“E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” João 8.32

Mas toda verdade deve ser dita com amor e carinho, e na hora certa. Muitas vezes, dizer uma verdade no momento errado pode encarcerar uma pessoa e não libertá-la. Então, peça sabedoria a Deus para aconselhar.
Já quando estamos recebendo conselhos, não devemos nos indignar contra quem nos fala a verdade, mas contra nós mesmos, pelos erros que cometemos. A verdade sempre é melhor, ainda que fira e doa.

“Leais são as feridas feitas pelo amigo, mas os beijos do inimigo são enganosos.” Provérbios 27.6

Muitos pais perdem os seus filhos por falta de sabedoria, coragem e compaixão. Para não desagradar os filhos, não lhes dizem palavras necessárias quando são amargas. Eles se esquecem de que seus filhos precisam de palavras certas, sejam doces, sejam amargas. Isso serve para todos os relacionamentos, pais e filhos, cônjuges e amigos.
Não dizer-lhes a verdade, na hora certa, pode ser uma crueldade e se tornar uma prisão ao invés de libertação.
Sendo assim, esteja pronto para a verdade, quer seja para recebê-la como para oferecê-la.

Pense nisso!

Visite minha página no Facebook: Raquel Roque. E conheça meus blogs:
www.bonnevievie.blogspot.com.br

terça-feira, 16 de setembro de 2014

FORTALECEI-VOS!



Outro dia, quando me sentia muito mal, busquei consolo na Palavra de Deus. Foi quando um versículo (como eu costumo dizer) me "saltou aos olhos".

“Vigiai, estai firmes na fé; portai-vos varonilmente, e fortalecei-vos.” 

Deus falou ao meu coração e me fez ver algo tremendo. Entendi que o fortalecimento é um mandamento e que meu 'comportamento' pode mudar meu ânimo. Observe: “...portai-vos varonilmente” fala de atitude, de comportamento valente, de coragem e não de covardia ou acomodação.
A frase toda é imperativa. É uma ordem explícita de Deus para que você se fortaleça.
Por mais forte que seja qualquer um pode, mais cedo ou mais tarde, passar por momentos de enfraquecimento, desânimo, depressão, etc., até mesmo um líder, um rei, um homem cheio do Espírito Santo ou um herói da fé. Muitos homens de Deus na Bíblia passaram por isso. Davi é um deles. Até este herói precisou aprender a se fortalecer no Senhor.
“E Davi muito se angustiou, porque o povo falava de apedrejá-lo, porque a alma de todo o povo estava em amargura, cada um por causa dos seus filhos e das suas filhas; todavia Davi se fortaleceu no Senhor seu Deus.” I Samuel 30.6

Também me ocorreu que sentir-se fraco faz parte da natureza humana. E Deus sabe disso.
“Assim como um pai se compadece de seus filhos, assim o Senhor se compadece daqueles que o temem.
Pois ele conhece a nossa estrutura; lembra-se de que somos pó.”

Mas o fato de Deus saber e entender disso não significa que você tenha que se conformar ou que Ele queira que você permaneça fraco e desanimado. Ao contrário, em toda a Bíblia Deus nos manda buscar o fortalecimento. Logo de cara eu encontrei doze versículos com a palavra “fortalecei-vos” e eles me esclareceram muitas coisas que quero compartilhar com você.

POR QUE EU DEVO ME FORTALECER?

1º) Porque preciso estar preparado espiritualmente para a vinda do Senhor.
 “Sede vós também pacientes, fortalecei os vossos corações; porque já a vinda do Senhor está próxima.” Tiago 5.8

2º) Porque Deus tem planos e propósitos para minha vida. Eu tenho uma missão, uma obra a realizar para Ele e preciso de forças pra isso. 
“Mas esforçai-vos, e não desfaleçam as vossas mãos; porque a vossa obra tem uma recompensa.” II Crônicas 15.7

ONDE EU POSSO ENCONTRAR FORÇAS?
R.: No próprio Senhor.

“No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder.” Efésios 6.10

“Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece.” Filipenses 4.13

“Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça.” Isaías 41.10

COMO POSSO ME FORTALECER?

1º) Esforçando-me. Quando eu me esforço, Deus se volta para me ajudar e Ele mesmo me fortalece. Mas Ele quer que você tenha a iniciativa. 
“Esforçai-vos, e ele fortalecerá o vosso coração, vós todos que esperais no Senhor.” Salmos 31.24

2º) Orando, meditando, lendo a Bíblia, ouvindo a voz de Deus, percebendo Seu amor por mim... 
“E disse: Não temas, homem muito amado, paz seja contigo; anima-te, sim, anima-te. E, falando ele comigo, fiquei fortalecido, e disse: Fala, meu senhor, porque me fortaleceste.” Daniel 10.19

“No dia em que eu clamei, me escutaste; e alentaste com força a minha alma.” Salmos 138.3

3º) Tendo paciência para esperar até que Deus me envie socorro e forças. Deus não me dá dificuldades acima de minhas forças, nem tem prazer em que eu pereça na luta. 
“E o Deus de toda a graça, que em Cristo Jesus nos chamou à sua eterna glória, depois de havemos padecido um pouco, Ele mesmo vos aperfeiçoe, confirme, fortifique e estabeleça.”  I Pedro 5.10

“Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar.” 

4º) Não me deixando levar pelas palavras, conselhos e pensamentos negativos e contrários à Palavra de Deus. 
“Não vos deixeis levar em redor por doutrinas várias e estranhas, porque bom é que o coração se fortifique com graça, e não com alimentos que de nada aproveitaram aos que a eles se entregaram.” Hebreus 13:9

Muita gente busca força emocional e espiritual através da comida, mas como o texto diz, nada adianta. Eu e você precisamos nos fortalecer através da graça de Deus.
Então, obedeça à Palavra: “FORTALECEI-VOS!”

Pense nisso!

Visite minha página no Facebook: Raquel Roque. E conheça meus blogs:
www.bonnevievie.blogspot.com.br

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

ENCORAJAMENTO PARA MEMORIZAR A PALAVRA DE DEUS



1. Lembre-se que o Senhor tem poder sobre sua mente.

“Então, [Cristo] lhes abriu o entendimento para compreenderem as Escrituras” (Lc. 24.45).

Jesus operou de modo eficaz na mente de seus discípulos para que entendessem. Ele pode, do mesmo modo, operar em você, a fim de capacitá-lo a memorizar. Dedique o seu melhor. Faça um esforço sincero e ore para que Ele abençoe os seus esforços.

2. Pense nos benefícios que advém da memorização da Palavra de Deus! Quem dentre nós não desejaria ter a vida moldada mais e mais pelas Escrituras? Todo crente gostaria de ter as palavras da Bíblia em sua mente, prontas para serem incorporadas em suas conversas. Estes são dois dos benefícios da memorização das Escrituras. É claro que há muitos outros. Nós não memorizamos a Escritura com muita frequência, simplesmente porque ela ainda não é muito importante para nós. Não gostamos de admitir, mas isso tende a ser verdade. Como ficaríamos motivados, se alguém nos oferecesse cem mil reais a cada capítulo que conseguíssemos memorizar! Você faria isso? Ao menos tentaria?
Os benefícios de memorizar a palavra de Deus, como sabemos, são mais altos que qualquer quantia em dinheiro.
Elabore um plano. Onde quer que você comece, para memorizar versículos, é de importância vital que estabeleça um tempo a cada dia, a fim de trabalhar em versículos específicos. Ainda que sejam cinco ou dez minutos por dia, é um bom começo. Se você puder fazer isso duas vezes por dia, seu progresso será ainda maior. Faça o possível para ser constante e trabalhar na memorização das Escrituras todos os dias. É útil anotar os versículos em pedaços de papel ou cartão. Desse modo, pode levá-los consigo e trabalhar neles durante o dia.
Reveja o que aprendeu. À medida que você decorar mais versículos, precisará adicionar algum tempo para revisar os versículos mais antigos, enquanto trabalha nos mais recentes. Muitas vezes, é no processo de revisão que emergem alguns dos mais frutíferos pensamentos para meditação.
Por fim, peça a outros que o auxiliem — orando por você e ajudando-lhe a memorizar. Antes de uma aula ou após o almoço, peça a um amigo ou a alguém da família que confira os versículos nos quais você está trabalhando. Ofereça-se para fazer o mesmo por eles.
Ore para que o Senhor faça Sua Palavra permanecer no coração e na vida de seu povo e que nós nos conformemos mais à imagem de Jesus Cristo.

Pense nisso!

Visite minha página no Facebook: Raquel Roque. E conheça meus blogs:
www.bonnevievie.blogspot.com.br