Obrigada.

Bem vindo(a)! Que você seja edificado(a) com as mensagens! Volte sempre!

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

“Nas horas de Angústia”

É interessante como uma única frase contenha tanta verdade. Pelo poder do Espírito Santo, os autores da Bíblia possuem esta capacidade de transmitir sucintamente, em um pequeno verso, uma grande lição e de forma tão poética e atraente. Podemos ver isto, nitidamente, no verso 1º do Salmo 46.




"Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas horas de angústia.”
Salmo 46:1

Pense comigo:
·         Nas horas de angústia, geralmente sentimos vontade de sumir, de fugir para um lugar bem longe, onde possamos relaxar, descansar e esquecer os problemas que nos afligem. Queremos fugir de casa, fugir dos compromissos, fugir dos aborrecimentos, e até fugir de nós mesmos.
ü  Então, lá está o Salmo 46 nos lembrando que Deus é o nosso Refúgio, que podemos fugir para Ele, que podemos correr para Ele e nos lançarmos em Seus braços de ternura e aconchego, e que também podemos descansar no calor do Seu colo, como um bebê saciado ao seio de sua mãe. Deus quer que você saiba que pode se refugiar debaixo de suas asas como uma galinha que abriga e protege seus pintinhos. Ele deseja ser o seu refúgio e seu esconderijo.
·         Nas horas de angústia, também nos sentimos fracos, abatidos e desanimados. Às vezes, ficamos tão fracos que não conseguimos andar, trabalhar ou fazer qualquer coisa que nos exija um pouco mais de esforço. Temos a sensação de total incapacidade e nos sentimos frágeis e sem ânimo. Algumas pessoas até entram em depressão e ficam muito debilitadas. Outras, somatizam esta fraqueza e seu corpo adoece de verdade.
ü  Então, o salmista nos lembra que Deus também é nossa Fortaleza. A Bíblia diz que Ele dá força ao que não tem nenhum vigor e renova as forças daqueles que confiam Nele (Is. 40.29-31). Deus quer que você renove suas forças espirituais, emocionais e físicas Nele. Ele é a sua verdadeira força. E, se você se apropria das Suas forças, você pode todas as coisas (Fp. 4.13).
·         Nas horas de angústia, a gente também pede socorro, clama por ajuda, grita por livramento. Pedimos aos amigos e parentes, mas nem sempre podem ajudar. Pedimos aos médicos, aos políticos, aos irmãos da Igreja, mas eles nem sempre podem ajudar ou, em certas ocasiões, nem estão dispostos a nos socorrer. Daí, quando já tentamos de tudo ou já batemos em todas as portas, sem lograr nenhuma ajuda, a angústia se agiganta minando a nossa fé. Nas horas em que todos vão embora e nos sentimos sós, satanás tenta nos desencorajar, pondo em dúvida o amor de Deus por nós. Pensamos que Ele nos abandonou e que não está ouvindo nossas orações.
ü  Então, lá está o Salmo 46, de novo, nos lembrando que Deus (o nosso Deus e Pai!) é Socorro bem presente nas horas de angústia. Ainda que você não possa vê-lo, Ele está lá, e está agindo em seu favor. Ele é capaz de mover céus e terra (e até o inferno, se for preciso) para socorrer você. Os amigos podem falhar, o dinheiro pode acabar, os médicos podem lhe desenganar, a família pode faltar, mas Deus estará sempre lá, e mãos estendidas, pronto a lhe socorrer, amparar e apoiar, principalmente nas horas mais difíceis, nas horas de grande angústia.
Sendo assim, “as horas de angústia” podem ser muito edificantes se você puder se lembrar e crer no Salmo 46, verso 1. E se for assim,...
*        Quando você sentir vontade de fugir, fuja para os braços de Deus;
*        Quando você se sentir fraco e sem vigor, se fortaleça na presença do Senhor em oração, em adoração, em aproximação, intimidade e santidade;
*        E quando se sentir sozinho na luta, saiba que Deus está com você em todas as horas e, principalmente, nas horas de angústia.

Uma semana muito abençoada para  todos.
Ah! E não deixem de postar  seus comentários. Me edifica e me estimula a continuar postando. Obrigada.