Obrigada.

Bem vindo(a)! Que você seja edificado(a) com as mensagens! Volte sempre!

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Perdão – Um Ingrediente Essencial

Todo relacionamento para sobreviver precisa de uma quantia generosa de perdão. Todos nós temos fraquezas e reações imaturas que magoam os outros. E aqueles que estão mais perto geralmente são os mais atingidos pelas suas deficiências. Portanto, quanto mais íntimo o relacionamento, tanto mais importante é sua capacidade de perdoar.
Guardar rancor deteriora qualquer relacionamento. E você tende a interpretar todas as outras experiências com aquela pessoa que lhe ofendeu. Armazenar repulsas não só destrói no final, mas torna a pessoa extremamente infeliz durante todo o percurso.
Assim como uma pessoa em desenvolvimento precisa experimentar o amor para aprender a amar, você também precisa experimentar o perdão para poder oferecê-lo. A experiência da fé cristã lhe fornece os recursos essenciais para atingir um estilo de vida que liberta você através do perdão.
Toda pessoa “normal” tem consciência de culpa. Porém, há diferença entre culpa falsa (assumir a culpa que não é sua); culpa verdadeira (experimentar a reprovação de uma consciência sensível que lhe diz a realidade); e a culpa negada (assumir a atitude de inocência e acusar os outros pelos problemas do mundo).
As boas-novas da fé cristã fazem você enfrentar a realidade de sua culpa verdadeira, primeiro contra Deus e depois contra as pessoas.
Para enfrentar sua rebeldia contra Deus e egoísmo para com os outros a pessoa precisa engolir seu orgulho, humilhar-se, arrepender-se de seus erros e buscar o perdão de Deus. Perdoar, no sentido bíblico, significa “aliviar ou erguer; remir; absolver ou apagar”. Dá ideia de libertar alguém dos laços de um ato passado. Quando Deus perdoa, remove a barreira que o pecado criou entre a pessoa e Ele.
A culpa esmaga. O perdão liberta.
Um indício de que você realmente recebeu o perdão de Deus é sua disposição de fazer toda e qualquer restituição possível àqueles que foram feridos por seus atos.
Sendo assim, o lugar para você começar a aprender sobre o perdão é com Deus. Quando você experimentar o Seu perdão, será mais fácil reconhecer seus erros diante dos outros e pedir-lhes perdão, e também perdoar aqueles que lhe ofenderam.
Da mesma forma, quanto mais profunda sua própria experiência em ser perdoado, tanto mais fácil lhe será conceder o perdão a outros.
Aproveite esta época de natal e de retrospectiva do ano que se finda e avalie seus relacionamentos. Busque o perdão de Deus e depois das pessoas. Perdoe e seja perdoado. Isso lhe proporcionará um ano novo de paz na consciência e de comunhão verdadeira com as pessoas e com Deus.



Um semana abençoada e abençoadora a todos.