Obrigada.

Bem vindo(a)! Que você seja edificado(a) com as mensagens! Volte sempre!

terça-feira, 15 de julho de 2014

UM ASSALTO DIFERENTE


Como costumava fazer todas as noites, na volta de seus filhos da Faculdade, pastor Jorge estava orando com a família quando, de repente, entrou pela porta dos fundos de sua casa um assaltante com arma engatilhada e anunciou o assalto. O ladrão foi logo avisando que nenhum mal faria a ninguém, só queria dinheiro, joias, dólares, armas.
Controlado, o pastor disse ao algoz que tudo o que ele possuía estaria à sua disposição, recebera tudo das mãos do Senhor, ninguém reagiria, só que ali, naquela casa nada se fazia, sem oração. Pediu ao ladrão para deixar a arma em cima da mesa, para darem as mãos e orarem, antes do assalto.
O ladrão ficou atordoado, meio sem direção. Assim foi feito. O pastor fez uma oração, pedindo a Deus para abençoar o “trabalho” daquele homem. Ao dizer amém, o ladrão estava tremendo muito, desorientado e disse ao pastor que não iria assaltá-lo. Disse ainda que já havia um amigo do bando, dentro do carro do pastor, lá fora, mas que faria de tudo para convencê-lo a não levar o carro.
O pastor disse que continuaria a orar por ele. Ao sair o ladrão ainda prometeu:
- Pastor, se o meu companheiro não desistir do assalto, eu acabo com ele. De uma coisa o senhor pode estar certo: amanhã, às 6h, o senhor
pode buscar seu carro, intacto, no final desta rua.
No outro dia, na hora marcada, o pastor foi ao final da rua e o seu carro estava lá, com todos os documentos, a chave e todos os pertences, menos as duas bíblias que estavam no banco de trás.

Ivone Boechat

Compartilhei esta história real para que você perceba que Deus está no controle de todas as coisas. Ele pode transformar maldições em bençãos. A Bíblia declara que...

“Todas as coisas cooperam juntamente para o bem daqueles que amam a Deus e são chamados pelo Seu propósito.”
Romanos 8.28

Pense nisso!

Se você foi edificado(a), compartilhe com seus amigos nas redes sociais!
E conheça também



Nenhum comentário:

Postar um comentário