Obrigada.

Bem vindo(a)! Que você seja edificado(a) com as mensagens! Volte sempre!

quarta-feira, 16 de julho de 2014

SAÍDAS DE EMERGÊNCIA



Quantas vezes dizemos: "Eu não aguento mais!”? Isso não significa que o combustível acabou, mas que já estamos na reserva, a luz amarela acendeu e o máximo que podemos ir é um pouco mais adiante. Porém, devemos ter muito cuidado ao dizê-lo, pois nossas palavras têm um poder extraordinário sobre nossa mente e sentimentos. Elas podem nos animar ou nos desanimar. Elas podem nos revigorar as forças ou nos convencer de que estamos totalmente derrotados.
Jesus sabe exatamente o que é sentir-se na “reserva”. Certa vez, Ele disse:

“Então lhes disse: A minha alma está cheia de tristeza até a morte; ficai aqui, e velai comigo. E, indo um pouco mais para diante, prostrou-se sobre o seu rosto, orando e dizendo: Meu Pai, se é possível, passe de mim este cálice; todavia, não seja como eu quero, mas como Tu queres.” Mt. 26.38, 39

A angústia de Jesus era tanta, por saber que a cruz o esperava, que Ele sentia o gosto da morte em sua alma. Então, pôs-se a orar.
Tem horas que ameaço dizer isto também, mas logo o Espírito Santo fala comigo dizendo: "Você ainda tem muito combustível, sofra um pouco mais..." Então, olhando pra dentro de mim, não consigo ver onde está esta “força reserva”, e pergunto ao Espírito: “Tem certeza?! Eu não estou vendo força alguma em mim!” Aí eu O ouço dizendo gentilmente: “Use as saídas de emergência que Eu lhe dei!” Então, eu me lembro de orar e ler a Palavra, e tomo o mesmo caminho de Jesus: entrego-me ao Senhor em oração. Só depois de algum tempo na Sua presença é que minhas forças são renovadas. Minhas lágrimas de tristeza e fragilidade tornam-se lágrimas de alegria, lavam a minha alma e meus olhos. Então eu começo a ver que ainda tem muito chão a ser percorrido, que a cruz não é tão pesada quanto eu pensava, que ainda tenho “combustível de reserva” suficiente pra me levar até o céu, e que a bondade e a misericórdia de Deus não permitirão jamais que eu seja derrotada, pois Ele nunca me dará uma cruz que eu não possa carregar. Só depois de um tempo lendo a Sua Palavra é que eu percebo quão especial sou para o Pai, que Ele confia na minha pouca capacidade e sabe até onde eu posso resistir (I Cor. 10.13). Só depois de usar as Suas “saídas de emergência” eu percebo que “posso todas as coisas Naquele que me fortalece” (Fp. 4.13). Só depois deste tempo agradável ouvindo Deus e sendo ouvida por Ele é que meu coração se converte de novo a Ele e eu consigo dizer sem medo como Jesus: “Todavia, não seja como eu quero, mas como Tu queres”.       

Pense nisso!

Se gostou, deixe seu comentário aqui ou no Facebook, e compartilhe com seus amigos nas redes sociais.
Conheça também...

Nenhum comentário:

Postar um comentário