Obrigada.

Bem vindo(a)! Que você seja edificado(a) com as mensagens! Volte sempre!

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Fã ou seguidor?

A semelhança entre fã e seguidor é que ambos amam o foco de sua admiração. Eles olham para alguém que lhes inspira, que faz coisas extraordinárias e lhe devotam reconhecimento, gratidão e amor.
A diferença básica entre um fã e um seguidor é que o fã admira, reconhece, agradece e ama, mas não imita, não copia, não se acha capaz de fazer o que seu “ídolo” faz. O fã pode até imitar as roupas, a maneira de agir, o jeito do cabelo, mas não copia o caráter, não se esforça pra fazer a mesma obra que tanto admira, não aprende na mesma escola para se tornar exatamente igual ao alvo de sua afeição.
Já o seguidor é discípulo, é aluno, é imitador, cópia fiel do foco de sua admiração. Ele se esmera para fazer uma obra igual ou maior que a do seu mestre.
Existe uma pessoa que a gente deve amar, admirar e “idolatrar”(ou adorar), mas não dá pra copiar, pois é o próprio Deus, e ninguém pode se igualar a Ele. Só podemos adorá-lo, em espírito e em verdade, pois são estas pessoas que Ele procura:
“Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.”
 Entenda: Deus não quer “fãs”, mas verdadeiros adoradores e imitadores. Há registro bíblico que nos exorta a imitá-lo:
“Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados;...” Efésios 5.1
Mas observe que esta “imitação” não decorre pela capacidade humana, mas por herança genética, desde que a pessoa se torna filha de Deus. Afinal, os filhos herdam características de seus pais sem esforço algum, por força da natureza que existe neles através do DNA. Da mesma forma, quando alguém recebe a salvação em Jesus Cristo, passa a ser filho de Deus, e, portanto, recebe Seu DNA e com ele a herança do Seu caráter.
“Mas, a todos quantos receberam a Jesus, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, isto é, aos que creem no Seu nome;...”  João 1.12
Contudo, observe que o próprio Deus tornou-se homem através de Jesus Cristo. Neste sentido, então, podemos e devemos ser seus seguidores e imitadores. O próprio Jesus disse que poderíamos fazer obras maiores que as suas (papel de discípulo, seguidor e imitador):
“Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas, porque eu vou para meu Pai.” João 14.12
Além de Jesus também existem pessoas notáveis que você pode admirar, seguir e imitar. O próprio apóstolo Paulo disse isso várias vezes.
“Admoesto-vos, portanto, a que sejais meus imitadores.” 1 Coríntios 4.16
Agora, observe os sublinhados e o significado deles após cada citação de Paulo:
“Sede meus imitadores, como também eu de Cristo.” 
ü Você só deve seguir ou imitar alguém que imite a Cristo.
“Sede também meus imitadores, irmãos, e tende cuidado, segundo o exemplo que tendes em nós,...” Filipenses 3.17
ü Você deve imitar com cuidado;
ü Você deve imitar somente pessoas que deem bons exemplos;
ü Você deve “imitar” e fazer exatamente como o exemplo dado.
“E vós fostes feitos nossos imitadores, e do Senhor, recebendo a palavra em muita tribulação, com gozo do Espírito Santo.”      
ü Você só deve imitar as pessoas que imitam o Senhor;
ü Você deve imitar sempre em acordo com a Palavra de Deus, somente nas coisas que concordam com o que Deus mandou;
ü Você só deve imitar pessoas que levem a você a Palavra de Deus e Seus mandamentos.
“Para que vos não façais negligentes, mas sejais imitadores dos que pela fé e paciência herdam as promessas.” Hebreus 6.12
ü Se você for imitar, não seja negligente;
ü Se você for imitar, imite inteiramente, não em partes, só quando lhe convém, mas em tudo;
ü Imite somente aqueles que se mantiveram fiéis na fé e herdaram as promessas. Siga a lista dos heróis da fé do livro de Hebreus, e também àqueles cujos nomes bem que poderiam estar lá.


Pense nisso...

Nenhum comentário:

Postar um comentário