Obrigada.

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Não é porque você é jovem...


Não é porque você é jovem, que deixou de ser criança.
E ser criança é ser simples, humilde e dependente.
Criança sempre considera os outros maiores que si mesmo,
E sabe tem que obedecer aos mais velhos.
Criança erra porque é criança,
E não fica tentando se entender ou se explicar,
Mas vai e pede logo o perdão.
Criança não tem preconceitos ou prejulgamentos,...
Releva caras feias, passa por cima das dificuldades,
E sabe compartilhar tanto as tristezas, como as alegrias,...
E faz isso sem medo de ser rejeitada.
Criança chora fácil, e ri mais fácil ainda.
Então, aproveite isso e não deixe nunca acabar.
Não é porque você é jovem, que vai abandonar os valores
Que seus pais lhe ensinaram com insistência,
Superando sua reprovação, seu desagrado e rispidez.
Jamais esqueça os sagrados princípios de sua educação,
Os quais nortearam seu comportamento
E serviram de trilho para mantê-lo firme até aqui.
Eles são sua garantia de um de um nome honrado,
Uma família digna e um futuro feliz.

Não é porque você é jovem, e ainda não é adulto,
Que vai levar a vida na brincadeira, sem cuidados e responsabilidade.
A gente não vira adulto só contando a idade,
Com o aumento de pêlos pelo corpo ou com o avanço nos estudos.
A maturidade se alcança com luta, esforço, trabalho e seriedade,
Conquistando o respeito das pessoas.
Então, pare de contar seus problemas familiares,
Suas espinhas e suas desilusões amorosas,
E comece a contar suas conquistas, não de dinheiro, status ou fama,
Nem de flertes ou conhecimento sexual,
Mas a conquista de amigos e de reconhecimento pessoal.

Não é porque você é jovem, que vai seguir o que a galera dita.
Suas decisões farão de você aquilo que você quiser
E não o que os outros querem.
Suas escolhas são suas e de mais ninguém.
Nenhuma outra pessoa será responsável por elas.
Então, ouça os conselhos dos mais sábios e experimentados,
Pondere as influências dos que são jovens e inexperientes como você.
Não confie em sua visão ainda tão embaçada pela sua pouca idade.
Selecione com cuidado o seu grupo de conselheiros.
Pense, reflita, questione... peça a sabedoria divina;
Acostume-se a orar antes de qualquer decisão.
Não tenha vergonha de ser diferente e de pensar diferente,
E, se errar, não se reprima e tente novamente,
Porque errar também faz parte do seu aprendizado.
Experimente, estude, conheça, esmiúce, aprofunde,
Retenha o que é bom e delete o que é mau.
Deixe-se guiar pela convicção do que Deus diz que você é,
Não pela sua própria opinião de si mesmo,
Ou pela pressão da massa, da moda, da mídia...
Busque ser o que Deus espera e crê que você será.

Não é porque você é jovem, que já sabe de tudo
E não precisa mais crescer ou aprender.
E não é porque já cresceu que não precisa mais
Da orientação e da benção de seus pais aqui da terra.
Você pode até chegar à independência
Profissional, financeira e emocional,
Mas dependerá para sempre de seu apoio,
De sua aprovação e de seu amor incondicional.
Sem eles, você não vai a lugar nenhum,
E quando não tiver mais pra onde ir,
É pra eles que você vai voltar.

Não é porque você é jovem, que já é senhor de si mesmo,
Ou que já pode traçar seu próprio caminho.
Você não foi criado para ser senhor, mas para TER um Senhor.
Você não é capaz de dirigir sua vida,
Então, não sente na direção! Seu lugar é no banco do carona.
Você não acerta todas e não conhece todos os caminhos.
Na verdade, você só tem uma saída:
Aquela que Deus abrir pra você.
E você só tem um único caminho: Jesus, o verbo de Deus.
O mapa da sua vida já foi traçado.
A Bíblia é a sua bússola, a oração é o seu rumo,
E o seu alvo é o céu.

Não é porque você é jovem, que pode deixar de lado
O plantio das sementes que Deus lhe confiou:
Seu sorriso, seu afeto, seu respeito e seu amor,
Sua atenção devotada e sua mão estendida.
Lembre-se: sua vida não será uma eterna colheita,
Mas um ciclo permanente de plantio e ceifa.
Se você parar agora, vai criar, mais à frente,
Uma estação de estiagem e escassez.
Então, are a terra, abra a mão e semeie abundantemente,
Porque quando seu viço se secar e sua força se cansar,
Quando chegar à estação mais longa e difícil de sua vida,
Você vai precisar de um celeiro bem cheio e farto
Pra suportar, com conforto e dignidade
O inverno mais frio, bem lá no fim da sua história.
Então, seja generoso e a vida será generosa com você.

Não é porque você é jovem, que não tem que se preocupar
Com o que diz ou pensa, ou com o que diz sem pensar.
Suas palavras são reais e poderosas
Como em qualquer outra etapa da sua vida.
Então, cuide para não ferir as pessoas,
Para não estragar seus planos ou minar suas idéias.
Jamais esqueça que o poder de dar a vida
Ou de promover a morte estão sob o seu comando,
Bem na ponta da sua língua.

Não é porque você é jovem, que ainda é cedo
Pra traçar os planos pra sua vida toda.
Falando assim, parece que é muito tempo, mas não é.
Quando se é jovem, a vida parece infinita,
A saúde inabalável, a morte improvável. Esqueça. Pura ilusão!
As horas passam depressa demais, os dias são muito curtos
E a cada ano você está mais perto da morte.
Mas não se assuste! Deus tem tudo sob controle.
Isso não impede que você faça desta rápida viagem
Uma linda história a ser contada às gerações vindouras.
Então, planeje a curto, médio e longo prazo;
Esvazie as malas, pra enchê-las só com as boas lembranças,
Sente na janela pra curtir cada pedacinho do caminho,
E jamais desça na estação errada,
Porque você pode se perder para sempre (e não tem volta).
Apenas observe a paisagem, conheça pessoas,
Tire fotos e cole as melhores nos álbuns da memória.
Nesta jornada, não deixe de passar por Jerusalém.
Carregue a cruz, suba o Gólgota, visite o túmulo vazio
E converse bastante com Jesus.