Obrigada.

Bem vindo(a)! Que você seja edificado(a) com as mensagens! Volte sempre!

sexta-feira, 25 de março de 2011

"Você se ofende com Deus ?"

Às vezes, por incrível que pareça, os crentes se ofendem com Deus. E isto é mais corriqueiro do que você pode imaginar.
As pessoas se ofendem com Deus porque não entendem o que Ele está fazendo, ou porque Ele não responde como, quando e do jeito que esperamos.
Depois da refeição da Páscoa, Jesus dirigiu-se aos seus amigos e lhes disse:
"Ainda esta noite todos vocês me abandonarão. Pois está escrito: Ferirei o pastor, e as ovelhas do rebanho serão dispersas." (Mateus 26.31)
Neste texto, Jesus usa a palavra grega "skandallon", a qual descreve uma armadilha ou dispositivo usado para capturar pássaros e/ou pequenos animais. É a mesma palavra usada no Salmo 91, verso 3, quando diz que Deus nos livra do "laço do passarinheiro". Significa que o escândalo é um laço, uma armadilha, uma gaiola que aprisiona os crentes, abalando sua fé, bloqueando sua liberdade em Cristo e esfriando seu fervor espiritual.
Ao se dirigir aos discípulos com esta palavra, Jesus os estava alertando sobre o fato de que o plano de Deus (Sua crucificação), a iniciar-se logo após aquela ceia, seria tão ofensivo que seus seguidores se dispersariam como ovelhas assustadas.
Deus sabe que nem sempre conseguimos entender Seus planos, Seus meios e Seus pensamentos. Ele mesmo disse: "Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o SENHOR. Porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos." (Isaías 55.8,9)
Está na hora de nos reconciliarmos com Deus por todas as vezes que nos ofendemos com Ele. Precisamos levar nossas ofensas e raízes de amargura contra Ele ou contra outros, aos pés da cruz, depositá-las aos pés de Jesus e deixar que Ele nos liberte. Ou então essas "ofensas" ou "escândalos" podem nos capturar e bloquear nosso relacionamento com Deus, com as pessoas ou até conosco mesmo. Isto pode nos tornar crentes amargos e azedos, que não vivem a vida plena e abundante que Jesus prometeu. Você, com certeza, já deve ter conhecido crentes assim.
Deus entende o que é uma ovelha assustada, ferida ou escandalizada. Ele compreende quando você se ofende porque não entende o que Ele está fazendo, mas isso não lhe é agradável. O fato de não entendermos é normal. O que não é normal é ficarmos aborrecidos, o que demonstra nossa falta de fé, nossas desconfianças e dúvidas sobre o Seu cuidado, Seu amor e sobre 'como' e 'o que' Ele está fazendo.
Então, libere-se; confesse seus "escândalos" ao Senhor e seja liberto. Pare de se "escandalizar" com o que Ele faz ou deixa de fazer. Deixe Deus ser Deus na sua vida. Creia que o que quer que Ele esteja fazendo (ou não), sempre é e sempre será o melhor para sua vida. Lembre-se:


"...todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor." (Romanos 8.28,38 e 39).
Deus lhes abençõe abundantemente.
Tenham uma excelente semana.

Convide outros para seguir este blog.

Grata: Raquel Roque.

Um comentário:

  1. Que profunda palavra!
    Mais além do que não entender, está a atitude do coração frente a uma realidade que muitas vezes parece injusta, sem "porque", diante de Deus. A grandeza realmente está em submeter tudo ao Senhor, mesmo sem entender.
    É um desafio!

    ResponderExcluir