Obrigada.

Bem vindo(a)! Que você seja edificado(a) com as mensagens! Volte sempre!

sábado, 5 de março de 2011

"O Deus que é a minha grande alegria"

"Então, irei ao altar de Deus, do Deus que é a minha grande alegria, e com harpa Te louvarei, ó Deus, Deus meu." Salmo 43.4

Estamos bem no meio do carnaval do Rio, a famosa festa da alegria. Mas, será que os foliões realmente conhecem a alegria? Que alegria é esta que eles dizem que têm?
Por que é que, depois de tantas travessuras, alguns precisam "encher a cara" pra "esquecer"? Esquecer o quê?
Por que tantos casamentos acabam durante o carnaval?
Por que os homens viram mulher e as mulheres se prostituem nestes dias? O que estão procurando?
Por que os jovens se drogam, e muitos até se matam com as "over" doses? Que alegria é esta?
Você já percebeu a tristeza profunda e a aparência de derrota estampada no rosto dos foliões que perambulam pela madrugada de cabeça baixa, no final dos bailes? Muitos deles estão tão bêbados e/ou drogados, que não conseguem emcontrar o caminho de casa.
E a quarta-feira de cinzas? Pra que serve? Segundo a igreja católica, é o dia de confessar os pecados cometidos no carvanal, mas as pessoas não se arrependem de nada e não se voltam pra Deus. Elas ainda não conhecem o Deus da verdadeira alegria!
Muitos não conhecem este Deus, mas Ele deseja fazer-se conhecido de todos, e oferece a Sua alegria.
Infelizmente, até mesmo alguns cristãos ainda não O conhecem, ou ainda não O conhecem em Sua totalidade, e, consequentemente, também não conhecem a extraordinária alegria que Ele nos proporciona.
Tenho visto crentes amargurados e frustrados, e alguns que se irritam e se aborrecem com Deus. Saiba: é muito fácil se colocar na posição de vítima, emburrar a cara e jogar a culpa em Deus pelas tribulações e adversidades que se abatem sobre nós. Talvez isto não seja dito ou admitido, mas acontece, e é sentido lá no fundo da alma. E, pelo menos uma vez na vida, cada um do nós já deve ter passado por situações deste tipo.
Creio que este salmo foi registrado justamente para que, quando passarmos por isso, ou quando conhecermos alguém que passe, nos lembremos do "Deus de toda alegria".
É... Precisamos nos lembrar que Deus, o meu Deus, o seu Deus, é o Deus da nossa grande alegria. Ele é a fonte, a receita, a fórmula da alegria verdadeira, aquela que não se acaba depois da festa. Quando você para pra pensar Nele, quando se lembra Dele, quando reconhece Sua doce voz tocando seu coração, a alegria brota e até transborda. Que seria de nós sem a Sua proteção? Que seria de nós sem o Seu amor, que é derramado em nós pelo Espírito Santo todo dia? Sem Ele seríamos apenas pó, e já teríamos sucumbido.
Então, alegre-se em Deus! Ele é a razão da sua vida, o seu socorro, a sua garantia de vitória e a sua GRANDE ALEGRIA! Creia que Deus está no controle, e que "tudo coopera" para o seu bem, para o seu crescimento espiritual e para o seu sucesso.
Acima das nuvens, apesar de negras, o sol ainda está lá. Não é porque você não consegue vê-lo, que ele não existe mais. Assim também, quando tudo parece perdido, quando você não consegue ver a Luz de Deus e o céu parece de bronze, lembre-se: Deus ainda está lá e tem tudo sob controle. Ele permanece no trono e faz sempre o melhor para sua vida, mesmo quando sua mente limitada não consegue entendê-lo.
Então, creia! E alegre-se!!! Permita-se andar sobre as águas turbulentas. Deixe que Deus seja a GRANDE ALEGRIA sua vida.
Um grande abraço. Até a próxima.

Um comentário:

  1. Grandes palabras!!
    un abrazo , y felicitaciones por este gran aporte y desafío al pensamiento...
    Dios nuestra gran alegría!!

    ResponderExcluir