Obrigada.

Bem vindo(a)! Que você seja edificado(a) com as mensagens! Volte sempre!

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

POR UM PRATO DE LENTILHAS

Resultado de imagem para prato de lentilha

“Disse Esaú: Estou quase morrendo de fome. De que me vale esse direito? Jacó, porém, insistiu: Jure primeiro! Então Esaú fez um juramento, dando o seu direito de filho mais velho a Jacó. Então Jacó serviu a Esaú pão com ensopado de lentilhas. Ele comeu e bebeu, levantou-se e se foi. Assim Esaú desprezou o seu direito de filho mais velho.” Gênesis 25:29-34

Nos tempos bíblicos o “Direito da Primogenitura” dava uma série de regalias ao filho mais velho, dentre elas, a benção e a sucessão do pai e o dobro da herança dos demais filhos. Esaú desprezou esse direito e essa honra por um único prato de lentilhas.
É incrível como hoje há tantos “Esaús” nas igrejas! São aqueles crentes que por qualquer prazer momentâneo desprezam, ou até vendem, seus direitos de filhos de Deus. E esse “prato de lentilhas” vale cada vez menos. Antigamente, eles trocavam sua herança por perderem a virgindade ou por um adultério (é bom lembrar que Deus perdoa tudo isso), mas hoje a coisa se tornou banal. Há crentes que deixam de cultuar a Deus por causa do seu time, do seu aniversário, da sua novela predileta, do seu sono até mais tarde, e por aí vai. Muitos chegam a abandonar de vez a sua igreja! Tornam-se cristãos nominais, isto é, só têm o nome de cristão. Eles não mais dizimam, não ofertam, não leem a Bíblia, não oram, não frequentam a célula ou a igreja e continuam “crendo” que são crentes.
Tem também aqueles que só buscam a Deus pelo que Ele pode dar. Por exemplo: só buscam enquanto estão desempregados, doentes, solteiros, pobres, sem bens, sem filhos, etc. Depois que se empregam, se curam, se casam, enriquecem, compram sua casa própria, seu carro, ou lhes nasce um bebê, eles simplesmente abandonam a casa de Deus. Agora, eles só têm tempo pra curtir o que conseguiram com a ajuda de Deus. Agora, nunca têm tempo pra Deus porque trabalham demais, porque querem curtir sua eterna lua de mel, porque querem gastar o dinheiro que ganharam trabalhando demais, porque fazem festinhas pros amigos na casa nova, porque o carro é pra passear e viajar, porque o bebê é muito novinho pra ir ao culto, etc. (E o pior é que esse bebê continua novinho até depois de 1, 2, 3 anos ou mais). Isso é muita ingratidão! Se eu, que tenho minhas falhas (Deus sabe que as tenho), me aborreço com esse tipo de atitude, imagina como fica o coração do Pai! Poxa! As pessoas O abandonam pelas bençãos que receberam Dele! Isso é muito grave!
Esses crentes estão “vendendo sua primogenitura” como Esaú, e o fim deles é igualmnete muito triste. Não é que Deus seja mau ou se vingue. Mas, quando você despreza a Sua herança, Sua presença e Sua benção, também está desprezando tudo que Ele significa sobre sua vida e sua família. Está desprezando a Sua cobertura, Sua multiplicação, Sua abundância e Sua proteção. Sendo assim, fica vulnerável aos ataques de Satanás, que não gosta nadinha de ver um crente prosperando. Já vi casos em que as pessoas perderam todas as bençãos por desprezarem a Deus. Isso é muito triste!
Ainda sobre Esaú, veja como foi o seu final:
“Não haja nenhum imoral ou profano, como Esaú, que por uma única refeição vendeu os seus direitos de herança como filho mais velho. Como vocês sabem, posteriormente, quando quis herdar a bênção, foi rejeitado; e não teve como alterar a sua decisão, embora buscasse a bênção com lágrimas.” Hebreus 12:16,17

Pra mim, a pior parte foi “... foi rejeitado; e não teve como alterar a sua decisão, embora buscasse a bênção com lágrimas”. Já vi muitos "crentes" pagando um alto preço por desprezarem a Deus.
Pense bem sobre com anda sua vida com Deus. E, caso tenha se afastado Dele, reconcilie-se o quanto antes. Deus é misericordioso e perdoador. Não demore. Não espere até que seja tarde demais como foi para Esaú.

Pense nisso!

Deixe seu comentário e compartilhe em suas redes sociais. 
Conheça também meus blogs e páginas no Facebook. É só clicar. Obrigada.

   LEIA A BÍBLIA!   

Nenhum comentário:

Postar um comentário