Obrigada.

Bem vindo(a)! Que você seja edificado(a) com as mensagens! Volte sempre!

segunda-feira, 15 de junho de 2015

"Dez Razões para o Culto Doméstico"


Há pelo menos dez razões bíblicas pelas quais toda família cristã deve realizar regularmente o Culto Doméstico. São elas:

1. Porque nos dispõe para enfrentarmos as tarefas diárias com coração mais alegre, torna-nos mais fortes para o trabalho, mais dedicados ao nosso dever e predispõe-nos a glorificar a Deus em tudo o que fizermos.

Cl. 3.16,17 – “A palavra de Cristo habite em vós ricamente, em toda a sabedoria; ensinai-vos e admoestai-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais, louvando a Deus com gratidão em vossos corações. E tudo quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai.”

2. Porque nos dá força para enfrentarmos o desânimo, as decepções, as adversidades inesperadas e as frustrações com que nos depararmos.

Hb. 2.18 – “Porque naquilo que Ele mesmo (Jesus), sendo tentado, padeceu, pode socorrer aos que são tentados.”

3. Porque nos torna mais cônscios da presença de Deus no decorrer do dia, o que nos ajuda a vencer pensamentos impuros e outros inimigos que porventura venham nos atacar.

Fl. 4.8 – “Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.”

4. Porque suaviza as asperezas do relacionamento no lar e enriquece grandemente o convívio familiar.

Ef. 6.1-9 – “Vós, filhos, sede obedientes a vossos pais no Senhor, porque isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa), para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra. E vós, pais, não provoqueis à ira vossos filhos, mas criai-os na disciplina e admoestação do Senhor. Vós, servos, obedecei a vossos senhores segundo a carne, com temor e tremor, na sinceridade de vosso coração, como a Cristo, não servindo somente à vista, como para agradar aos homens, mas como servos de Cristo, fazendo de coração a vontade de Deus, servindo de boa vontade como ao Senhor, e não como aos homens. Sabendo que cada um, seja escravo, seja livre, receberá do Senhor todo bem que fizer. E vós, senhores, fazei o mesmo para com eles, deixando as ameaças, sabendo que o Senhor tanto deles como vosso está no céu, e que para com ele não há acepção de pessoas.”

5. Porque esclarece os mal-entendidos e tende a aliviar as tensões que, por vezes, invadem o ambiente do lar.

Rm. 12.9-11 – “O amor seja não fingido. Aborrecei o mal e apegai-vos ao bem. Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros; não sejais vagarosos no cuidado; sede fervorosos no espírito, servindo ao Senhor;...”

6. Porque ajuda a manter os filhos na fé quando saem de casa, afastando-se da influência dos pais. Na maioria dos casos é o culto doméstico que irá mais tarde determinar a salvação dos filhos de lares cristãos.

II Tm. 3.14-17 – “Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste, e de que foste inteirado, sabendo de quem o tens aprendido, e que desde a infância sabes as sagradas letras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela que há em Cristo Jesus. Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça; para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente preparado para toda boa obra.”

7. Porque tem influência sadia e santa sobre as pessoas que possam estar visitando a família e os não-cristãos.

Rm. 14.7-9 – “Porque nenhum de nós vive para si, e nenhum morre para si. Pois, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. De sorte que, quer vivamos quer morramos, somos do Senhor. Porque foi para isto mesmo que Cristo morreu e tornou a viver, para ser Senhor tanto de mortos como de vivos.”

8. Porque reforça o trabalho pastoral e, além disso, estimula em muito a participação na Igreja e nas células.

Rm. 15.6,7 – “Para que unânimes, e a uma boca, glorifiqueis ao Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo. Portanto recebei-vos uns aos outros, como também Cristo nos recebeu, para glória de Deus.”

9. Porque faz do lar cristão exemplo e estímulo a outros lares, para que desejem ter a mesma vida de fé e adoração a Deus.

At. 2.46,47 – “E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam com alegria e singeleza de coração, louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E cada dia acrescentava-lhes o Senhor os que iam sendo salvos.”

Granito10. Porque a Palavra de Deus nos ensina que devemos fazer o Culto Doméstico e, ao obedecermos a Deus, damos honra a Ele, pois é doador de todo bem e fonte de toda bênção.

Rm. 12.1,2 – “Rogo-vos pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos como um sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.”

Pense nisso! E ponha em prática!

Se gostou, deixe seu comentário e compartilhe com seus amigos nas redes sociais.
Conheça também...
www.bonnevievie.blogspot.com.br
E a minha página de poesias "Bem Dito"

Nenhum comentário:

Postar um comentário