Obrigada.

Bem vindo(a)! Que você seja edificado(a) com as mensagens! Volte sempre!

segunda-feira, 23 de junho de 2014

DESEJO E AÇÃO





“Agir, eis a inteligência verdadeira. Serei o que quiser. Mas tenho que querer o que for. O êxito está em ter êxito, e não em ter condições de êxito. Condições de palácio tem qualquer terra larga, mas onde estará o palácio se não o fizerem ali?” Fernando Pessoa.

Esta é uma frase de inteligência e sabedoria. Observe que o autor fala sobre duas ações e destaca a mais importante. São elas: querer e agir, e agir é mais importante que querer.
A Bíblia também fala sobre estas duas ações, porém com um diferencial.

“De sorte que, meus amados, assim como sempre obedecestes, não só na minha presença, mas muito mais agora na minha ausência, assim também operai a vossa salvação com temor e tremor;
Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade.
Filipenses 2.12-13

Observe que tudo começa com obediência. Significa que seu querer e seu agir devem seguir uma regra de obediência a Deus, não somente sob as vistas de seus líderes, mas muito mais na ausência deles.
Da mesma forma, o querer e o agir dos servos obedientes do Senhor estão diretamente ligados à salvação. A salvação faz com que estas duas ações sejam feitas em temor e tremor diante de Deus. Significa que você não apenas deseja e age, mas você o faz diante de Deus e para Deus. Você o faz sabendo que Deus está vendo. Você o faz desejando agradar ao Senhor. Você o faz entendendo que será recompensado por tudo que fizer, sendo bom ou mau. Má recompensa para o que fizer de mau. Boa recompensa para o que fizer de bom.
O texto também declara que, para os salvos em Cristo Jesus, seu querer e seu agir vêm de Deus, são “operados” por Ele, segundo a Sua vontade. Significa que o salvo não age por impulso, por constrangimento ou por inclinação carnal e humana, mas deseja e age em acordo com a vontade de Deus. Tanto seus desejos e vontades quanto seu agir dependem de Deus, e estão plenamente em acordo com o querer e o agir Dele desde o começo da intenção até sua realização final. No fim das contas, o salvo faz tudo por Deus e para Deus. E isso faz toda diferença!

Pense nisso!

Se você foi edificado(a), compartilhe com seus amigos nas redes sociais!
E conheça também

Nenhum comentário:

Postar um comentário