Obrigada.

Bem vindo(a)! Que você seja edificado(a) com as mensagens! Volte sempre!

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Aumente sua autoestima e alcance todos os seus sonhos

O que faz uma pessoa superar todas as dificuldades e alcançar seus objetivos? Amor-próprio. Esse é o ímã que atrai favor e mil oportunidades de exercitar seus talentos.

A autoestima pode sofrer ataques, mas, se for sólida, conseguimos nos manter em equilíbrio. Apresentamos os sete pilares que sustentam essa força:

1. Família

Autoestima se aprende em casa. Se os pais (ou os adultos que cumprem essa função) nos amam, respeitam e acolhem nosso modo de ser em vez de nos criticar e desejar que sejamos diferentes, a tendência é crescermos com uma autoimagem positiva. É possível identificar o legado do amor-próprio na pessoa que sabe cuidar bem de si mesma, fazendo escolhas voltadas para o seu bem-estar. Quando as necessidades básicas da criança – alimento, atenção, carinho, educação voltada para o convívio e a possibilidade de se expressar sem medo – não são atendidas, mais tarde podem surgir ansiedade, depressão, sentimentos de desvalia, dificuldade em manter relações. A autoestima fica destruída. Na vida adulta, dá para superar algumas feridas da infância e reconstruir o amor-próprio, mas isso exige empenho e, à vezes, terapia. A tendência é que as marcas do passado – e as ideias a respeito de si e do mundo – tornem-se ‘verdades’ para o resto da vida. De todo modo, com o tempo a família de origem deixa de ser a única referência. Amigos, professores, parceiros podem nos incentivar a reconhecer nosso potencial, reformulando velhas crenças que podem não corresponder à realidade. Questione-as sempre. E, se sente falta de alguma aptidão, por que não tentar aprendê-la? Cuidado com a autocrítica exagerada. Seja mais generoso(a), habitue-se a conversar consigo mesmo(a). Assim, poderá aceitar-se mais em vez de se recriminar.

Continua na próxima postagem.

Pense nisso!

Se você foi edificado, divida com alguém esta benção. Compartilhe! E conheça também


Nenhum comentário:

Postar um comentário