Obrigada.

Bem vindo(a)! Que você seja edificado(a) com as mensagens! Volte sempre!

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

“Na Caverna”


“Ali, entrou numa caverna, onde passou a noite; e eis que lhe veio a palavra do Senhor e lhe disse:
Que fazes aqui, Elias?"

1 Reis 19:9

Se for possível, leia toda a história em I Reis 19.1-18 e acompanhe minha reflexão sobre alguns fatos que nos ocorrem, tais quais como ao profeta Elias. (Obs.: v = versículo e vv = versículos.)

1)   O fato de ser um profeta autêntico e fiel não impede a pessoa de sentir medo ou passar por um momento de depressão e solidão. ‘Caverna’ e ‘noite’(v. 9), na Bíblia, significam situações de perigo, escuridão, dificuldades para discernir, solidão, insegurança, etc.
2)   O fato de o profeta estar suprido e alimentado por Deus nem sempre é o suficiente para que ele não entre em depressão, ou saia dela (vv. 5-8).
3)   O fato de estar com medo e deprimido não impede o profeta de comunicar-se com Deus, ou de ouvi-lo. Ao contrário, quando está assim, Deus vem confortá-lo (vv.9, 11).
4)   O fato de estar no ‘monte de Deus’, muitas vezes, não impede de o profeta sentir-se solitário, deprimido ou como vítima (v. 8), coisa comum entre aqueles que realizam grandes trabalhos pra Deus. Isto significa que ele é gente, ser humano e, às vezes, precisa ‘ouvir’ palavras de conforto, seja das pessoas ou do próprio Deus.
5)   Deus sempre entende o estado de espírito dos seus servos. Ele entende quando a pessoa está abatida e abalada pelas circunstâncias e sempre a visita trazendo alívio e alento (vv. 15, 18).
6)   Deus usa os momentos de ‘caverna’ e ‘noite’ para se revelar a seus servos e mostrar-lhes o que devem fazer (vv. 15-17).
7)   O profeta do Senhor, às vezes, pode pensar que seu ministério acabou, que está arruinado, acabado. Mas é Deus quem dá a palavra final. E, na maioria das vezes, ainda tem muito serviço pela frente (vv. 15, 16).
8)   Antes de encerrar a carreira, todo profeta precisa se ‘levantar‘ e preparar, isto é, 'discipular' um substituto (v. 16).
9)   Quando tudo vai mal ou parece perdido, o melhor lugar para se refugiar é no ‘monte de Deus’(vv. 8, 9), pois somente lá a pessoa tem a possibilidade de ouvi-lo. ‘Monte de Deus’ significa: na Sua presença, na Sua casa.

Sendo assim, podemos concluir duas verdades sobre nosso relacionamento com Deus:
·         1ª) Não se sinta inferior ao sentir-se deprimido. Ainda que a maioria não admita, isso também acontece com os outros servos de Deus, senão todos. Lembre-se que Deus entende você mais do que qualquer pessoa. Só não deixe isso acabar com seu compromisso com Ele ou arruinar sua carreira espiritual.
·         2ª) Ao sentir-se assim, corra para o monte de Deus, para a casa de Deus, esconda-se na caverna de Deus (em Sua presença) e aguarde atento, porque, sem dúvida, Ele virá visitá-lo, confortá-lo e fortalecê-lo para o seu próximo serviço. 
·         Em tempo: Se você não se sente como Elias agora, guarde esta mensagem, pois pode precisar dela algum dia. E se você conhece alguém que precise dela agora, compartilhe.

Deus abençoe a todos e se revele aos Seus ‘Elias’ (dentro ou fora da caverna).
Um abraço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário